Afta e Escovação

As dolorosas feridas amareladas ou esbranquiçadas que aparecem na boca, são motivos de bastante desconforto para todas as pessoas. As famosas aftas tratam-se de inflamações abertas, não cancerígenas, que podem ser causadas por inúmeros fatores – estresse; falta de determinadas vitaminas e minerais, como ferro, ácido fólico e vitamina B12; mudanças hormonais – além dos danos de uma escovação traumática. São bastante comuns após uma mordida nas bochechas ou parte interna dos lábios.

 

A forma com que os dentes e o restante da boca são higienizados interferem bastante no aparecimento de aftas. Cada pessoa deve tomar cuidados especiais quanto a escolha de sua escova dental, por exemplo. Movimentos bruscos com a escova ou o fio dental podem lesionar a região da boca, ocasionando, assim, o aparecimento de aftas.

 

Na periodontia existem diferentes biótipos, fino, médio e espesso, e pessoas com alguns deles, como o fino, estão mais sujeitas à pequenas lesões resultantes da escolha inadequada da escova dental. Pacientes com esse biótipo devem usar escovas ainda menores e com cerdas mais macias, para evitar maiores problemas durante a escovação.

 

Em geral, as aftas não possuem tratamentos específicos para seu desaparecimento, costumam cicatrizar e sumir naturalmente dentro de alguns dias. Os cuidados recomendados para ajudar o organismo a eliminar as aftas de forma mais rápida se baseiam na escovação cautelosa (com escovas de cerdas suaves), em evitar alimentos cítricos e dar preferência aos alimentos de fácil mastigação.

 

 

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza