Bichectomia

Os padrões de beleza vão mudando com o passar do tempo, e nos tempos modernos, o rosto mais fino é certamente o mais associado aos conceitos de uma bela face. Aquele rosto mais arredondado, muito visto algumas décadas atrás, ficou lá no passado, e a Bichectomia, procedimento que promete “afinar o rosto” já está bastante conhecido e não faltam pessoas interessadas na cirurgia de redução das bochechas.

 

  • Como funciona a Bichectomia?

 

Em poucas palavras, a Bichectomia é a retirada de gordura na região das bochechas, com o objetivo de modelar o rosto, dando contornos mais delicados e também promovendo rejuvenescimento em muitos casos. A gordura desta região concentra-se no chamado “Monte de Bichat”, uma espécie de “bola de gordura” que recebe o nome do anatomista que a descobriu, o francês Marie François Xavier Bichat em 1802.

 

A chamada “Bola de Bichat” é que deixa o rosto de muitas pessoas arredondado, e a sua retirada diminui a o rosto, dando em efeito de emagrecimento. Por ser a retirada do Monte de Bichat, a cirurgia recebeu este nome, Bichectomia.

 

Esta gordura possui suas funções nos primeiros anos de vida, mas com o tempo vai perdendo sua concentração e gordura, e também sua utilidade. Em idade adulta, é possível retirar essas bolsas de gordura sem nenhum prejuízo funcional.

 

– Dentista fazendo cirurgia plástica isso é possível?

 

Dentistas e Cirurgiões Plásticos estão autorizados a realizar o procedimento de Bichectomia no Brasil, sendo que as primeiras indicações da cirurgia são da odontologia, em situações onde o corredor bucal era muito estreito, o que causava constantes traumas na região interna das bochechas, o que além de dolorido e incômodo, estava relacionado ao câncer na região.

 

Mesmo que a bichectomia seja em princípio um tratamento considerado dentário, este processo de “afinar o rosto” é inegavelmente um procedimento de modelagem do rosto, porém, o que muitas pessoas não sabem, é que a odontologia conquistou também este espaço, através da chamada harmonização da face.

 

Talvez você ainda esteja achando estranho, afinal, o senso comum é implacável em dizer que “dentista cuida de dente!”, quando na verdade a odontologia estética e o dentista moderno cuidam é de sorrisos! Quando você abre sua mente para isso, percebe que o dentista cuida e muito bem de saúde bucal, mas a beleza realmente começa com um sorriso!

 

 

 

 

A cirurgia de Bichectomia

 

Uma das primeiras dúvidas que surgem nos pacientes que desejam fazer a bichectomia, é com relação aos cortes e incisões. Neste ponto já podemos considerar uma vantagem interessante: as incisões são muito pequenas e são feitas na parte de dentro das bochechas, portanto, além do tamanho mínimo dos cortes, eles são internos na região, ou seja as cicatrizes não aparecem!

 

O procedimento é relativamente rápido e prático, durando não mais que uma hora e consiste na retirada dos dois “Montes de Bichat”, nos dois lados da boca, e para tanto, como já conversamos, são feitas duas pequenas incisões de 1 a 2 cm, e por estas incisões é feita a retirada destas porções de gordura.

 

Não só na Bichectomia, mas em qualquer procedimento cirúrgico, a dor é motivo de muitas dúvidas. Evidentemente que a bichectomia é feita com anestesia, que é local       sem e sedação, e o controle da dor é total durante o procedimento. Já no pós-operatório, os cuidados são similares aos de uma extração dos dentes do siso, e se todas as recomendações do dentista forem seguidas a risca, tudo ocorrerá sem problemas até a cicatrização por completo das incisões.

 

Ainda falando do pós-operatório, na maioria das vezes, um ou dois de repouso são suficientes para uma boa recuperação inicial, e após este tempo já é possível voltar ao trabalho normalmente. Atividades físicas mais “pesadas” como corrida e academia precisam de um tempo maior para seu reinício.

 

 

Bichectomia: Antes e Depois

 

A expressão “antes e depois” é delicada em qualquer segmento da área da saúde, seja na odontologia estética ou na cirurgia plástica, pois prometer resultados é além de antiético, extremamente perigoso. Por isso, o que podemos dizer é que depois da Bichectomia, é possível alcançar um rosto mais fino por conta da redução da gordura, como também um rosto mais belo por conta de sua remodelagem. Porém, é fundamental que esse “afinamento” do rosto tem seu limite e pessoas muito acima do peso não devem contar com a bichectomia para parecerem mais magras. Por isso, que para se tenha bons resultados, é preciso ter em mente que mais do que emagrecimento, a Bichectomia é uma forma de modelar o rosto.

 

Quem procura por um procedimento estética como a bichectomia, certamente se interessa por imagens do tipo “antes e depois” do procedimento. O problema neste ponto, é que não expor o rosto de nossos pacientes para exibir casos clínicos reais. Por isso, para que você mate pelo menos um pouco da sua curiosidade, separamos algumas destas imagens de pessoas famosas que fizeram estes procedimentos.

 

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza