Dentes curtos | Dentes Pequenos | É possível aumentar os dentes?

Ter dentes pequenos ou curtos demais pode atrapalhar e muito a estética do sorriso, e muitas pessoas se perguntam se é possível aumentar ou alongar os dentes. A resposta é sim, é possível alongar os dentes em nome de um sorriso mais bonito através da odontologia estética.

 

As possibilidades de procedimentos que odontologia estética oferece para quem tem dentes curtos são várias, e muitas vezes procedimentos simples e rápidas podem trazer uma grande transformação e fazer toda a diferença.

Você que sofre do problema deve estar curioso para conhecer esta opção simples e rápida de tratamento estético para dentes curtos, e deve ser difícil de imaginar uma forma de trabalhar os dentes para alonga-los, ainda mais de forma simples. Para muitas pessoas pode ser até impossível aumentar o comprimento dos dentes, afinal, são ossos! Aí é que está o “x” da questão! É possível aumentar sim aumentar os dentes, mas trabalhando as gengivas.

 

A primeira opção para quem busca tratamento para dentes curtos, é também a mais simples, a chamada plástica gengival é a cirurgia estética das gengivas, que trabalha o design do tecido na busca de um sorriso mais estético. Este procedimento é utilizado em praticamente todos os tratamentos de odontologia estética, por conta de uma evolução da ciência do sorriso que avançou para além dos dentes, progredindo pelas gengivas, lábios até a boca e o rosto do paciente como um todo.

 

Se estendermos nossa conversa sobre esta revolução na odontologia, este texto ganharia muitas páginas, e voltando ao que interessa no momento, os dentes curtos ou pequenos, podemos resumir toda a evolução da ciência do sorriso focando apenas no que lhe interessa: como alongar o comprimento dos dentes. Neste sentido, além da plástica gengival, podemos destacar a toxina botulínica (melhor conhecida pelo nome comercial Botox®) e os trabalhos com dentes em porcelana como as coroas metal free, as facetas em porcelana e as lentes de contato dentais.

 

Agora você que buscou mais informações sobre dentes curtos já sabe que o que lhe incomoda tem tratamento e que é possível sorrir sem incômodos através da odontologia estética. E como você já conhece as opções, vamos conversar melhor sobre elas?

 

Antes de tudo é importante deixar claro que cada pessoa possui suas características,  e cada caso deve ser pensado individualmente, e se tem uma coisa que a nova odontologia estética leva em consideração como prioridade é a personalização nos tratamentos. É possível que seu caso possa ser rapidamente tratado apenas com um novo design das gengivas, ou necessite de um complemento com algum dos outros tratamentos que conversamos. Por isso é fundamental que você procure o dentista para que ele forneça um bom planejamento, o que aliás é outro mantra da odontologia estética moderna: “planejamento, planejamento, planejamento …”

 

  • Plástica Gengival – A cirurgia estética das gengivas

 

Caminho praticamente obrigatório em procedimentos de odontologia estética, a cirurgia plástica das gengivas remodela a gengiva, através da remoção dos tecidos, fazendo que uma área maior do dente exposta. Ou seja, para que fique claro, não é o dente que aumenta, e sim a gengiva que diminui, e a parte que antes era coberta pela gengiva será o início do novo dente neste novo dente, exposto neste novo design.

 

Este cirurgia é também altamente indicada para quem sofre do chamado sorriso gengival, quando há exposição das gengivas ao sorrir, o que pode estar diretamente ligado ao seu problema, pois muitas pessoas que têm dentes curtos, também possui sorriso gengival.

 

O procedimento em si é relativamente simples e a recuperação rápida, o que faz com os resultados sejam observados rapidamente pelo paciente, logo um curto período cicatrização. Tudo isso faz da plástica gengival um dos procedimentos com o maior nível satisfação da odontologia estética.

 

  • Toxina Botulínica na Odontologia Estética

 

Lembra-se quando falamos da odontologia evoluir partindo dos dentes em direção à boca e o rosto como um todo? A utilização da toxina botulínica é um exemplo clássico disso, servindo não só para atenuar imperfeições, mas para agregar valor estético e potencializar o tratamento através do rejuvenescimento da face.

 

Evidentemente que a toxina botulínica está diretamente relacionada ao rejuvenescimento, quando ouvimos o nome comercial Botox® a associação é imediata ao tratamento de rugas, que por sinal também é área de atuação da odontologia, e hoje o dentista também pode realizar o procedimento para atenuar rugas no rosto, rejuvenescendo através do sorriso, mas este não é exatamente de nossa conversa não é mesmo? (se você se interessou pelo uso da toxina botulínica na odontologia estética, acesse nossa página sobre o assunto).

 

Voltando aos dentes curtos e como a toxina botulínica pode ajudar em seu tratamento, primeiramente, é preciso entender como a substância funciona. A toxina presente na substância possui a capacidade de controlar as contrações musculares, e em uma ruga na face por exemplo, que se forma através do franzir da testa, a toxina controla a contração muscular desta região, evitando que a ruga se forme através deste movimento muscular.

 

Muitas vezes a aparência do sorriso não está harmoniosa por conta da exposição excessiva da gengiva quando abrimos os lábios, e não por conta dos dentes serem curtos, e controlando a abertura dos lábios ao sorrir, é possível ter um sorriso esteticamente satisfatório. É neste sentido que a toxina botulínica age, controlando os músculos da região labial, fazendo que ao sorrir, dentes e gengivas fiquem expostos de maneira equilibrada.

  • Facetas em Porcelana ou Lentes de Contato Dentais

 

Assim como as evoluções da odontologia estética, falar destes procedimentos é conversa para muitas páginas, e em nosso site não faltam conteúdos sobre o mesmos, por isso vamos falar de maneira bem resumida, até porquê a própria mídia tem divulgado muito com um segredo do sorriso das estrelas as duas técnicas, que estão cada vez mais conhecidas e é bastante provável que você já tenha ouvido falar sobre elas.

 

Basicamente, as facetas em porcelana e lentes de contato dentais são capas de porcelana que cobrem os dentes naturais, dando um novo design ao sorriso, transformando-o completamente. Os dois procedimentos ganharam tamanho destaque por conta deste potencial transformador, que aliado ao tempo de tratamento extremamente curto, praticidade e conforto para o paciente, acabou transformando os dentes de porcelana num verdadeiro sonho de consumo dos mais vaidosos.

 

A diferença entre os dois procedimentos está no tamanho e espessura das peças, além da necessidade de redução de volume do dente maior ou menor. Uma lente de contato dental, possui estrutura parecida com uma lente de contato para os olhos, daí o seu nome. Já a Faceta em porcelana é uma peça um pouco maior que exige que haja um procedimento de redução de volume do dente natural um pouco maior.

 

Em comum, além dos materiais está a possibilidade de trabalhar todo o desenho do novo sorriso, num conceito chamado de Digital Smile Design, onde o dentista pode desenhar no computador como será o formato dos dentes de porcelana junto com o paciente, que pode inclusive participar deste processo dando opiniões.

 

Entre as muitas possibilidades de transformação de sorriso estão dentes manchados, envelhecidos, desalinhados, e adivinhe só? Dentes curtos também! Em todas as necessidades estéticas, o princípio é o mesmo, as peças de porcelana são cimentadas aos dentes naturais do paciente, cobrindo imperfeições.

 

É muito comum que pacientes nos questionem da seguinte maneira: “mas Dr. , não fica artificial?. O que podemos lhe garantir é que a odontologia estética tem como principal objetivo transformar sorrisos de maneira bela, mas acima de tudo natural. E hoje, não há hesitação entre nós dentistas que chegamos em um nível que até alguns anos atrás seria inimaginável! Ainda dúvida? Então julgue você mesmo e veja com seus próprios olhos algumas transformações realizadas aqui na Clínica Adriano Abreu. E por último, deixo uma sugestão: se você se interessou por este debate sobre a naturalidade dos resultados em odontologia estética, lhe convido a acessar a página sobre o Skyn Concept, que é a última grande (re)volução neste sentido dentro da odontologia estética.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza