Dentes Separados

dentes-separados

dentes-separados-considerado-sinal-de-charme-para-muitas-pessoas

Dentes separados: sinal de charme para uns e incômodo para outros

Sinal de charme para uns, incômodo na aparência de outros, os dentes separados são, na verdade, tecnicamente chamados de diastemas na odontologia. Dentes afastados podem agradar ou não esteticamente, mas muito além da estética, a parte funcional e a própria saúde bucal podem sofrer interferência dos dentes separados. O espaço entre os dentes pode gerar diversos problemas, desde o surgimento de cáries  e até, em casos mais severos, a extração de dentes.

Se você tem os dentes separados, provavelmente tem o hábito de empurrá-los com a língua, e essa atitude quase inconsciente, e aparentemente inofensiva pode agravar ainda mais a situação, e é esta nossa primeira dica: cuidado para não afastar ainda mais seus dentes.

 Dente separado é pior que parece!

O diastema é um vilão ainda mais perigoso que você imagina, os males para a aparência do seu sorriso estão na cara, literalmente. É visível que um dente separado pode tirar toda a beleza de um sorriso, mas este não é o pior dos problemas. Existe outra ameaça muito mais grave: a possibilidade de perder dentes. Isso mesmo, seu diastema não só tira a beleza de seu sorriso, mas representa uma verdadeira ameaça para a saúde e integridade de seus dentes!

Os dentes mais afastados, principalmente os dentes de trás (molares e pré-molares) podem acumular resíduos entre eles, o que inicialmente pode causar acúmulo de placa bacteriana, formação de cáries, levando à necessidade de um futuro tratamento de canal para evitar a perda de um mais ou dentes. Durante este perigoso processo, os primeiros sinais e sintomas são dores, inflamações e sangramentos, e quem tem dentes separados precisa dar mais atenção a estes avisos de que algo está errado.

Dentes separados: o que fazer?

Agora você já sabe que um diastema é bem mais sério que parece, por isso, a primeira coisa a se fazer quando se trata de dentes separados é cuidar de sua saúde bucal, e muito antes de se preocupar com as aparências, é preciso tomar providências e evitar graves consequências! Por isso, vamos sim falar de opções de solução, mas primeiro, vamos falar de prevenção?

Como já conversamos anteriormente, o espaço entre os dentes pode ser fonte de diversos problemas para a saúde bucal, e quem tem diastemas precisar ter ainda mais atenção com a higiene bucal, evitando o acúmulo de resíduos, placa bacteriana, tártaro, cáries, que podem levar até a perda de dentes e retração de gengiva. Para uma boa prevenção, algumas dicas são preciosas:

– Fio Dental é indispensável!

nunca-e-demais-lembrar-que-o-fio-dental-e-indispensavel

Nunca é de mais lembrar que o fio dental é indispensável!

Por mais que pareça elementar, nunca é demais lembrar que para a higiene oral bem feita, o fio dental é indispensável, e mais ainda para quem tem dentes separados. Talvez você surpreenda, mas fugindo do óbvio, 9 entre 10 pacientes que chegam ao consultório odontológico não sabem a forma correta de usar o fio dental. Desde a empunhadura, tamanho do fio, até os movimentos durante a aplicação, os erros são frequentes, porém, o mais importante com relação ao fio dental, é que ele seja utilizado antes da escovação, e jamais deve-se usar o mesmo pedaço de fio em outro local do dente.

 

 

Caso você tenha dentes separados ou não, veja o vídeo abaixo e aprenda de forma definitiva como utilizar o fio dental:

 

– Escove os dentes corretamente! (saiba mais sobre como escovar os dentes)

 

Escove os dentes corretamente

Escove os dentes corretamente

Escovar os dentes não é tão simples quanto parece, e a imensa maioria das pessoas acreditam que o fazem corretamente, quando estão na verdade estão cometendo erros graves. Os erros mais comuns são com relação à inclinação da escova, a força aplicada, repetições e principalmente aos movimentos.

Para saber melhor como escovar os dentes, veja o vídeo abaixo:

 

 

 

 

 

 

– Escolha a escova de dentes correta! (saiba mais sobre tipos de escovas dentes)

 

Escolha a escova de dentes correta

Escolha a escova de dentes correta

Existem diversos tipos de escovas de dentes, que divergem no tamanho e tipos de cerdas. Escolher o tipo de certo da escova determina a qualidade de sua higiene bucal, por isso dê preferência à escova com cerdas macias.

 

 

 

 

 

 

Para saber mais sobre os tipos de escovas de dentes, veja o vídeo abaixo:

– Escove os dentes na hora certa! (saiba mais sobre qual a hora certa para escovar os dentes)

Tão importante quanto escovar bem os dentes, é saber o momento ideal para fazer a higiene bucal. Isso tudo por conta da acidez na boca que muda logo após as refeições, e se a escovação for feita com a acidez ainda elevada, pode provocar o desgaste do esmalte dentário. Este desgaste pode resultar em envelhecimento do dente, alteração da cor e sensibilidade.

Para escovar os dentes na hora é certa, é preciso esperar que a acidez da boca diminua naturalmente. O tempo necessário para isso é, em média, de 30 minutos.

Dentes separados tem jeito?

A odontologia estética está repleta de soluções para quem deseja reparar o sorriso com diastemas. A mais conhecida das soluções para dentes separados é a ortodontia, com a correção do espaço entre os dentes através do aparelho dentário. Porém, o senso comum associa o aparelho dentário para dentes separados à tratamentos demorados. De fato, o tratamento com ortodontia para dentes separados pode perdurar por anos, e além disso, há necessidade de manutenção com visitas mensais ao dentista.

Para quem deseja corrigir o espaço entre os dentes, mas não pode (ou não quer) esperar muito. Há uma solução rápida, prática e definitiva, existe uma ótima opção, que pode satisfazer muito bem esta questão do tempo do tratamento, e vai além, surpreendendo por ser uma ótima solução para muitos outros problemas como: dentes envelhecidos, dentes amarelados, dentes quebrados, dentes pequenos, e muitas outras insatisfações relacionadas à cor, forma e tamanhos dos dentes.

Se você sofre com a aparência de seu sorriso com dentes separados, e imaginava que apenas o aparelho dentário pode solucionar o problema, e por isso adiava ou até mesmo já tinha desistido de resolver o problema, tenho uma ótima notícia: é possível corrigir o espaço entre os dentes, de forma extremamente rápida, em poucas sessões, e ainda mais, sem dores e desconfortos. Você pode se beneficiar de todas estas vantagens escolhendo o tratamento para dentes separados com resinas e porcelanas.

Tratamentos para dentes separados

 

– Aparelho dentário (ortodontia) para dentes separados

Através da ação mecânica do dispositivo, os dentes afastados são reaproximados, dando simetria ao sorriso e o harmonizando esteticamente, além de evitar os problemas de saúde bucal ocasionados pelo espaço entre os dentes, outra grande vantagem é a correção de problemas oclusais.

Tempo médio de tratamento: entre seis meses e um ano;

Quantidade de sessões: Indeterminada;

Frequência das revisões: visitas mensais ao dentista.

Vantagens: solução definitiva para os dentes separados, além de solucionar outros problemas oclusais.

Desvantagens: tratamentos longos com manutenções mensais.

Tira suas dúvidas sobre aparelho dentário assistindo a entrevista abaixo:

– Facetas em porcelana para dentes separados

Facetas são capas de porcelana, que através de cimentação são aderidas aos dentes naturais do paciente dando total renovação ao sorriso, de forma prática rápida e indolor. Dentre os materiais restauradores da odontologia, as porcelanas são as mais que se assemelham aos dentes naturais. Para casos de diastemas, as facetas cobrem o espaço entre os dentes, além de ter a possibilidade melhorar a forma e a cor do dente, elas possuem excelente estabilidade de cor (inércia química), ou seja, não mudam de cor com o tempo.

Tempo médio de tratamento: 10 dias;

Quantidade de sessões: entre duas ou três;

Frequência de revisões: visitas semestrais ao dentista;

Vantagens: tratamento rápido, prático e indolor;

Desvantagens: necessidade de desgaste dentário.

– Lentes de contato dentais para dentes separados

São peças de porcelana que utilizam o mesmo principio das facetas de porcelana que acabamos de ver, sendo na verdade uma evolução das mesmas. O grande avanço é com relação à delicadeza do trabalho em porcelana, que de tão fina pode ser comparada com lentes de contato para olhos, e seu nome se deve a esta comparação.

Para correção de diastemas, as lentes de contato dentais agem da mesma forma que as facetas em porcelana, mas com a vantagem de não exigir desgaste dentário em sua cimentação. Sua aparência fina e delicada faz com que muitas pessoas tenham a impressão enganosa de que se trata de algo frágil, mas, na verdade, a união entre a peça de porcelana com o dente natural, formam uma unidade sólida. Para se ter uma ideia, uma comparação simples, mas muito realista, é com um piso de cerâmica, que antes de ser cimentado é frágil e quebra-se com facilidade, mas quando é aplicado ao solo se torna altamente resistente.

 

Tempo médio de tratamento: 10 dias;

Quantidade de sessões: entre duas ou três;

Frequência de revisões: visitas semestrais ao dentista;

Vantagens: tratamento rápido, prático e indolor;

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza