Desgaste dos dentes para lentes de contato dentais e facetas

A procura por facetas dentais tem aumentando de maneira gigantesca nos últimos tempos. O desejo em esboçar aquele sorriso digno das telas de cinema, é o sonho de milhares de pessoas. Porém quando os pacientes mergulham na busca por mais informações a respeito deste procedimento, se deparam com estapolêmica do desgaste dentário para aplicação das facetas ou lentes.

 É muito comum surgirem dúvidas a respeito do chamado desgaste dentário. As mais freqüentes são: Isto é realmente necessário? Meu dente ficará frágil? A faceta poderá cair? Como é feito este desgaste?

Nesse texto esclarecemos várias questões a respeito do assunto.

Em primeiro lugar devemos dizer que o chamado desgaste dentário é um procedimento utilizado pelos dentistas antes de se fazer um tratamento estético envolvendo facetas de porcelana ou lentes dentais.

Podemos afirmar que a grande maioria dos profissionais opta por fazer estas pequenas alterações visando excelência nos resultados.  

Para a Odontologia, este processo mais conhecido entre os pacientes como desgaste, nada mais é que o preparo dos dentes antes da aplicação das facetas. Nesta fase, o dentista poderá moldar os dentes, alterando tamanho, espessura, forma e brilho, de uma maneira muito sutil e delicada, com intuito de que este dente receba melhor as facetas.

O desgaste, ou melhor, preparo dentário, não tornará seu dente mais frágil, pois descrevendo de uma maneira muito simples, o processo de desgaste será como um polimento feito no dente. Em uma camada muito superficial, mais especificamente na camada do esmalte, o profissional fará uma pequena raspagem com o auxilio de microscópio, de modo que o brilho do dente seja retirado, buscando assim uma maior lisura deste dente, e consequentemente uma maior aderência da faceta.

Por este motivo, não há por que se preocupar com a possibilidade de vir a ter dentes frágeis por conta de um desgaste dentário. Nem tampouco achar que a faceta ou lente dental irá cair caso você faça este desgaste.   

Atualmente com a chamada Odontologia Conservadora, busca-se preservar ao máximo a estrutura dos dentes e a saúde bucal como um todo, operando sempre de forma minimamente invasiva.  O que se buscou ao longo dos anos de aperfeiçoamento do tratamento com facetas e lentes, foi a produção e o uso de materiais mais modernos, que possuíssem uma maior capacidade de adesão.

Com uma colagem altamente eficiente, esses materiais evitam um maior desgaste dos dentes, ao mesmo tempo em que tornam os dentes com facetas ou lentes, cada vez mais naturais, seguros e resistentes. Com a junção de técnicas minimamente invasivas e de materiais de alta qualidade, a estrutura do dente não será corrompida.

Portanto, um bom preparo dentário tornará o resultado do seu tratamento estético muito mais natural, harmônico, artístico. Capaz de transmitir a translucidez, as nuances e as características peculiares de cada dente, fatores imprescindíveis quando se almeja resultados naturais e esteticamente positivos. Serão aperfeiçoadas as qualidades de um belo sorriso, de maneira a tornar seu tratamento dentário único, personalíssimo, uma verdadeira obra de arte da odontologia estética.   

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza