Gás do riso, ou gás hilariante: a sedação consciente com óxido nitroso na Odontologia


Gás do riso, ou gás hilariante, provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre isso. Mas afinal, realmente existe um gás do riso? Sim, existe! Apesar do nome engraçado, esse gás é coisa séria e é largamente utilizado na Odontologia. O nome verdadeiro do gás é óxido nitroso, e trata-se do que chamamos de sedação consciente, ou seja, o gás age relaxando o paciente enquanto o anestesia, mas sem que ele perca a consciência e possa reagir a estímulos.

Apesar do gás hilariante ter um nome engraçado, o medo de ir ao dentista pode ser algo sério.  Para muitas pessoas, isso pode ser obstáculo severo para fazer tratamentos odontológicos, principalmente em crianças e adultos que tem algum tipo de trauma ligado consultório odontológico ou em adultos que tenham essa espécie de fobia do dentista, medo de agulhas  e anestesia, ou qualquer tipo de ansiedade antes de algum procedimento odontológico.

A sedação com o gás hilariante começou a ser utilizada há mais de um século, em vários lugares do mundo, para a sedação consciente, tem se mostrado útil no trato de pacientes que inspiram atenção redobrada, como portadores de doenças cardiovasculares, neurovasculares, hepáticas, alergias, diabéticos e pacientes com ânsias de vômito.

As vantagens da sedação com óxido nitroso são diversas, o efeito é imediato e é totalmente controlado pelo dentista que pode reverter o quadro a qualquer momento (através da inalação de oxigênio). Mas de todas as vantagens, a mais importante é com relação a segurança, a sedação com óxido nitroso é considerado um dos procedimentos sedativos mais seguros na odontologia.

O Óxido nitroso é um gás, portanto, inalante. Por meio de uma máscara, o paciente inala uma mistura de óxido Nitroso e Oxigênio – no máximo com 70% do óxido. Esses dois gases saem de cilindros e a proporção da mistura, com caráter analgésico, é controlada pelo próprio dentista. Após ser inalado, o gás alcança os pulmões, passa pelos alvéolos pulmonares e chega à corrente sanguínea, atingindo o sistema nervoso central, aumentando a tolerância à dor dentro de 5 minutos. A ação do Óxido Nitroso é no Córtex Cerebral, região que controla o medo, a autocensura e a ansiedade, levando ao relaxamento. Por causar contrações musculares involuntárias na face das pessoas, leva-se a pensar que o gás ocasiona o riso.

Qualquer paciente com estado de saúde geral estável pode ser submetido ao processo de sedação consciente, não havendo assim contraindicações absolutas ao uso de Óxido Nitroso, mas sim contraindicações relativas. Deve haver precaução no caso de pacientes resfriados ou com sinusite, com dificuldade de comunicação, obstrução do trato respiratório anterior ou intestinal, doentes obstrutivos crônicos e pacientes mentalmente instáveis. Da mesma forma que é rapidamente absorvido através da inalação, o gás é rapidamente eliminado, de forma inalterada pelos pulmões e pela pele. Os efeitos analgésicos derivados da administração da mistura dos gases variam de acordo com a curva individual e dos sinais clínicos identificados no paciente. A sedação com o gás hilariante é a mais utilizada na odontologia pela segurança e simplicidade da técnica.

O uso do gás do riso já é uma realidade nos Estados Unidos e Europa, mas no Brasil ainda ocorre de forma tímida e poucas clínicas possuem aparelhagem e qualificação para administrar o óxido nitroso. A Clínica Adriano Abreu em Fortaleza já disponibiliza a sedação consciente com o gás hilariante já faz um bom tempo e está pronta para receber interessados no procedimento.

Dentista em Fortaleza