A Importância de escovar a língua

Durante a alimentação, pequenos vestígios dos restos de alimentos acumulam-se na região dorsal da língua. Esse acúmulo de resíduos acaba por ocasionar uma camada esbranquiçada na superfície da língua, a chamada saburra lingual. Posteriormente, o mau-hálito ou halitose, é produzido, devido esse acúmulo de bactérias na região bucal.

 

Se não forem removidos, esse resíduos dos alimentos ingeridos passam por um processo de fermentação, liberando gases a base de enxofre, os grandes culpados pelo mau cheiro na boca. Portanto, durante a escovação, a língua merece a mesma atenção que os dentes e necessita de uma limpeza adequada.

 

Existem no mercado, limpadores linguais que facilitam esse processo de higienização. Os raspadores de língua atuam na remoção mecânica da saburra. Sua forma curva permite a raspagem da parte superior da língua, local de acúmulo da camada bacteriana. Seu uso deve ser contínuo, assim como todos os outros métodos de higiene bucal.

 

Sua aplicação acontece colocando a língua para fora, o máximo que conseguir, e fazendo movimentos de trás para frente, repetidas vezes, lavando o instrumento com água corrente. Porém, muitos pacientes apresentam ânsia de vômito ao realizar essa atividade, pelo contato de um objeto na língua. Portanto, tal higienização também pode ser feita com a própria escova, atuando sobre as partes esbranquiçadas até sua remoção. Muitas das escovas dentais apresentam estruturas adaptadas, em revelo, na sua região posterior, que são viáveis para a realização do mesmo procedimento.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza