Pinos Metálicos ou Pinos Estéticos em Fibra de Vidro? Qual a melhor opção?

Pino Estético em Fibra de Vidro

Pino Estético em Fibra de Vidro

A vida é feita de escolhas, e quando estas escolhas envolvem nossa aparência e, principalmente, nossa saúde, todas as informações possíveis são muito bem-vindas! Se você sofreu com algum problema com seus dentes e hoje está precisando reconstruir seu sorriso com pinos dentários, já temos uma boa notícia: um implante dentário foi evitado! O implante é um parafuso de titânio que funciona como uma raiz artificial para seu novo dente que será produzido no laboratório de prótese dentária. Portanto, sua coroa, que é a parte visível do dente pode ter sido perdida, mas sua raiz foi preservada, e um nova coroa sem metal em porcelana será produzida para substituir este dente perdido. Para usufruir dos benefícios de uma prótese sobre raiz, você precisa de um pino dentário para unir a raiz de seu dente à coroa em porcelana, servindo como elo de ligação entre ambos, seja um pino metálico ou um pino estético em fibra. É muito provável que você tenha ouvido tudo isso de seu dentista, mas nunca é demais lembrar para que serve um pino dentário. Muito bem, mas o assunto aqui é qual o melhor tipo de pino dentário o pino metálico ou o de fibra. Provavelmente você também já saiba a resposta, mas quer elementos que o ajudem em sua escolha. Por isso, lá vai a resposta: sem dúvidas, o pino estético em fibra é de longe a melhor opção, e isto seu dentista também já deve ter lhe falado. Parece que você já tem a resposta que queria, não é mesmo? Mas será que só isso é suficiente para tomar sua decisão? Óbvio que não! Em uma decisão tão importante que envolve sua saúde bucal e sua aparência é preciso saber o “porquê” do pino estético de fibra ser a melhor opção para ter de volta a possibilidade de sorrir e mastigar os alimentos normalmente. Não faltam motivos para lhe convencer que o pino metálico tem suas desvantagens e para que você tome sua decisão conscientemente vamos conversar sobre cada uma delas.

Os trabalhos aqui da @ClinicaAdrianoAbreu podem, facilmente, ser divididos entre “antes e depois” do Microscópio Odontológico, e o post de hoje serve muito bem para ilustrar o nível de detalhes que o equipamento nos permite alcançar, e mais ainda, como enxergar de perto o problema do paciente pode gerar inúmeros benefícios. Desde as consultas prevenção até a finalização dos tratamentos, o uso do microscópio na odontologia gira em torno de um único eixo: a qualidade nos mínimos detalhes. O caso específico do vídeo de hoje é uma ótima oportunidade para demonstramos na prática, como o dentista pode ultrapassar limites e ver além com um equipamento com este. Em uma situação onde o paciente já havia realizado um tratamento de canal, o microscópio fez toda a diferença para “salvar” a raiz deste dente, evitando um implante dentário, através de um pino dentário. Isto trouxe muitos benefícios para o paciente, que ao evitar o implante com o pino, evitou também um tratamento bem mais complicado – e mais oneroso – com várias idas e vindas ao consultório dentário. O pino dentário preserva a raiz do dente, fazendo com que esta raiz dê sustentação à uma coroa dentária, ou seja, um novo dente produzido em laboratório. Porém, para fixar este pino à raiz do dente, é preciso que tudo esteja “em ordem”, sem resquícios do tratamento de canal no dente, e foi aí que a magnificação (ampliação) do microscópio deu o tom no tratamento, permitindo que os excessos de materiais do tratamento fossem eliminados ao máximo com a chamada limpeza piezosônica. Apenas à olho nu, seria impossível preparar o dente de forma tão delicada e com atenção tão minuciosa. #odontologia#odontología #odonto#odontoporamor#odontologiaestetica#odontolove#odontologo #implantes#implantodontia#implantesdentarios#implantedentario#implantology#beforeandafter#sorrisosaudavel#antesedepois#bemestaresaude#protese#protesedentaria#protetico#valorizaodonto #dentista#dentistas #dentistasfit #dentaldesign#dentalimplant #dentalimplants #implant#implants #dentaldesigner #dental

Uma publicação compartilhada por Clínica Adriano Abreu (@clinicaadrianoabreu) em

Antes de tudo é preciso deixar uma coisa muito clara, o pino de fibra recebe também o nome de pino estético, e muitos podem pensar que nesta decisão o que pesa mais são as questões estéticas e não os aspectos de saúde bucal, afinal se o pino de fibra têm a estética até no nome é natural que se pense isso. Porém, muito pelo contrário, o principal motivo para a escolha de um pino de fibra não é estético e sim de saúde! E que motivo é esse? O risco que o pino metálico expõe a raiz do dente, e é por este fator fundamental que começamos a expor os motivos para a escolha do pino de estético de fibra.   Pinos metálicos podem fraturar a raiz do dente! Muito foi falado sobre a principal vantagem dos dois tipos de pinos dentários: evitar um implante dentário por conta da preservação da raiz do dente, e por conta de sua rigidez, os pinos metálicos podem por em risco esta raiz. Isso acontece porquê o metal é mais “duro” que a raiz, e no caso de um acidente, por exemplo, toda a força do impacto é transferida para a raiz do dente (mais maleável que o pino) que pode fraturar. Ainda tendo como exemplo um acidente como uma queda, o pino metálico pode fazer uma espécie de alavanca ao transferir toda a energia do impacto. Já os pinos de fibra, por serem mais maleáveis, podem receber grande parte da energia de um impacto antes da raiz, evitando que ocorra uma fratura radicular (fratura da raiz).   Muito mais que estética, a saúde bucal e a preservação da raiz são os principais fatores para sua tomada de decisão, e os pinos de fibra são mais maleáveis, não forçam ou enfraquecem a raiz, sendo, indiscutivelmente, muito mais seguros! Certamente este já é um bom motivo para sua decisão, mas ainda nem começamos a falar sobre os aspectos estéticos que de tão diferenciados dão até nome ao pino estético em fibra. Porém, antes da estética, vamos falar de outro fator importantíssimo para ajudar em sua escolha, o custo benefício.   Sempre vale a pena investir em um pino estético! Falar em investimento depois de uma vantagem tão importante quanto a preservação da raiz do dente pode parecer até “conversa de vendedor”, mas de fato, saúde não tem preço e mesmo custando um pouco mais caro que um pino metálico, um pino estético de fibra sempre terá um custo-benefício muito maior apenas por este motivo. Entendido isso, vamos agora aos aspectos estéticos que devem ser levados em conta em sua decisão.   Resultados mais naturais são possíveis com o pino de fibra! A odontologia estética assim como o próprio pino de fibra possuem a estética até no nome, mas engana-se que o principal objetivo da ciência do sorriso seja a beleza nos resultados finais dos tratamentos. Na verdade, a naturalidade dos resultados é o alvo a ser alcançado pelos dentistas durantes os tratamentos e nada pode ser pior ao final do tratamento que o resultado parecer artificial para o paciente. A meta é fazer com que o novo dente passe despercebido ao lado dos outros dentes do paciente, como se fosse de fato um dente natural. Neste quesito, os pinos estéticos são incomparáveis aos pinos metálicos, pois, por serem brancos são muito mais fáceis de serem mascarados. Já no caso dos pinos metálicos, muitas vezes eles ficam visíveis por baixo dos dentes o que deixa visível que aquele dente não é natural, o que é desastroso para qualquer dentista. Portanto, mais que estético, o pino de fibra torna o resultado mais natural.   Continuando a falar na estética como fator de decisão, vamos falar de algo que também é fundamental na aparência de seu sorriso reabilitado com pinos dentários: o escurecimento do dente na região próxima à raiz.   Pinos metálicos podem escurecer a base do dente! É bastante provável que você já tenha visto alguém passando por este problema, se não as imagens abaixo falam por si e deixam bem claro o quanto que isso pode tirar a beleza de um sorriso. Esta é outra grande desvantagem dos pinos metálicos, e este escurecimento se deve à oxidação do próprio metal que com o passar o tempo, provoca este escurecimento da base do dente. Como não possui metal em sua composição, obviamente, o pino estético em fibra isso não ocorre! Porém, é importante lembrar que, para evitar totalmente este escurecimento próximo à raiz, é fundamental também que a coroa também seja uma coroa sem metal em sua composição.   Falar em prevenção de riscos à saúde bucal, resultados muito mais naturais e evitar o escurecimento da base do dente já é suficiente para sua tomada de decisão? Não?! Ok! Deixamos por último um motivo bastante convincente: o risco de seu novo dente cair! Isso mesmo, com o pino metálico a chance de seu novo dente cair é muito maior que com o pino estético em fibra, e com este argumento que encerramos nossa conversa, a adesão.   Com o pino metálico a chance de seu dente cair é muito maior! Imagine o constrangimento que você passaria se seu dente caísse em meio a uma conversa com amigos ou até em uma reunião importante. Os pinos metalicos lhe exporiam mais a este risco por conta da dificuldade de adesão deste material. Não é força de expressão dizer que seu novo dente será cimentado ao pino dentário, pois, de fato é isso que realmente acontece, tanto é que o material adesivo é chamado de cimento pelos dentistas. Ocorre a superfície do pino metálico não oferece condições e capacidade de adesão muito menores quando comparada ao pino de fibra, e apesar de não termos estatísticas sobre isto, o número de pacientes que retornam ao consultório para recolocar a coroa com pinos metálicos é imensamente maior que os pacientes com pinos de fibra. ZERO   Ao final desta longa conversa está bem claro o porquê do pino de fibra é a melhor opção, porém, seja por qual motivo for, você ainda optar pelo pino metálico, tudo bem, mas é fundamental e indispensável que você visite seu dentista para as manutenções de seu pino. O que você não pode é deixar de sorrir por estar com um dente a menos!

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza