Pinos Metálicos

São muitas as ameaças aos nossos dentes, e além das cáries, diversos tipos de acidentes podem fazer com que um dente seja perdido. E quando uma pessoa passa pela desagradável experiência de sofrer uma perda dentária, o implante dentário logo surge como caminho inevitável para substituir este dente perdido. Porém, o com os pinos dentários é possível ter de volta o prazer de sorrir livremente, falar e mastigar alimentos, e o melhor: sem a necessidade de uma cirurgia de implante dentário!

Pinos Metálicos

Pinos Metálicos

 

Mas afinal, o que é um implante dentário? O implante é um parafuso de titânio que funciona como uma raiz artificial para o novo dente que será reposto, a coroa dentária. Agora, como um pino metálico dispensa um implante? Os pinos metálicos são viáveis quando a raiz do dente perdido ainda está preservada, e assim o coroa dentária em porcelana será sustentada pela raiz natural deste perdido, dispensando a necessidade uma cirurgia de implante dentário. Ou seja, o dente pode ter sido perdido, mas a raiz ainda saudável pode sustentar plenamente o novo dente.

 

Em situações como esta, onde a raiz ainda está viável para sustentar o novo dente em porcelana, o pino metálico serve como uma espécie de “elo” de ligação, ou seja, a raiz dá a sustentação para o dente, e o pino metálico os une. Portanto, se o implante é uma raiz artificial, mas a raiz do dente ainda está preservada, não há necessidade alguma de um implante dentário para repor o dente perdido.

 

Entendido como o pino metálico funciona, vale lembrar que dispensar o implante traz muitas vantagens como expressiva redução do tempo de tratamento e evita inúmeros desconfortos no pós-operatório. Porém, como tudo na vida há vantagens e desvantagens, e com os pinos metálicos não poderia ser diferente. Inclusive, os pinos metálicos já são considerados obsoletos por muitos dentistas, e sua evolução natural foi na direção de um novo tipo de pino, o Pino Dentário em Fibra de Vidro, o chamado Pino Estético (veja mais informações sobre o assunto).

 

Há muitas diferenças entre o Pino Metálico e o Pino Estético em Fibra de Vidro, por isso, uma conversa comparativa entre as técnicas exige uma outra página apenas para este tema, para acessar está página clique aqui. Nesta página específica vamos nos ater exclusivamente ao Pino Metálico, e depois de conversarmos sobre suas vantagens indiscutíveis, vamos nos concentrar também em pontos importantes sobre suas desvantagens.

 

Todo e qualquer procedimento possui seus riscos, e ao escolher os pinos metálicos é bom estar ciente de algumas ameaças, e sem dúvidas, a mais importante delas é a de fratura da raiz saudável. O que acontece é que o metal é um material muito duro, e em casos de acidentes, por exemplo, há o risco de toda a força do impacto ser transferida para a raiz do dente e o pino fazer uma espécie de alavanca, podendo comprometer seriamente a anatomia desta raiz, podendo inclusive condená-la definitivamente.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Dentista em Fortaleza