Gravidez e tratamentos dentários

 

A chegada de um filho(a) é sem dúvidas, um momento de muitas alegrias, mas acima de tudo, muitas responsabilidades e cuidados com a saúde, e mamãe e bebê merecem toda a atenção possível neste sentido. Entre estes muitos cuidados com alimentação, hábitos e visitas aos consultórios médicos, a visita ao dentista também é fundamental, pois negligenciar a saúde bucal pode ser determinante para o surgimento de doenças sérias.

Ao procurar os serviços do dentista, as grávidas devem ficar cientes nem todos os procedimentos podem ser realizados neste período tão delicado. Outro fator importante a ser esclarecido é com relação à saúde do bebê, pois ainda na barriga da mãe sua saúde bucal começa a ser definida, e para isso, a alimentação durante a gestação é determinante.

Você sabia que existe o pré-natal também no dentista? Isso mesmo! A saúde bucal do bebê começa pelos cuidados da mãe ainda durante a gravidez, e por isso, o ideal recomendado é que a mãe visite o dentista bimestralmente, ou seja, de dois em dois meses durante toda a gravidez.

E quais são os cuidados que a futura mamãe deve ter com sua saúde bucal, durante a gestação? Os cuidados são praticamente os mesmos, a grande diferença está na atenção que se deve ter durante o período da gestação. Portanto, escovar os dentes três vezes ao dia (principalmente à noite), ou após as refeições, usar o antiséptico bucal e o fio dental, como qualquer outra pessoa, porém como muito mais cuidado e atenção.

A primeira dúvida que surge entre as mulheres grávidas é quais os procedimentos podem ou não serem feitos durante a gestação. A resposta é bastante simples: os procedimentos eletivos, ou seja, os que podem ser adiados devem ser evitados, afinal, se o procedimento pode esperar, é melhor fazer depois da gravidez. Clareamento Dental , por exemplo, está fora de cogitação durante a gravidez e também durante a amamentação por conta dos agentes químicos. Já em casos de dores de dente, por exemplo, é fundamental que se faça uma consulta ao dentista, e mais ainda se os problemas forem na gengiva e inflamações, pois existe até uma relação entre esses problemas e o parto antecipado!

Um dos principais mitos sobre os tratamentos dentários durante a gravidez são com relação à anestesia. Muitas pessoas que a gravida não pode receber a anestesia e por isso deve evitar todos os tratamentos dentários, quando na verdade existem anestésicos específicos para pacientes que estão grávidas e que não fazem mal algum à mãe ou ao bebê.

Para explicar todos estes aspectos, a TV Verdes Mares convidou o Dentista em Fortaleza, Dr. Adriano Abreu para entrevista sobre o assunto.

Dentista em Fortaleza